Autárquicas 2009: Os programas eleitorais – CDS

O programa eleitoral do CDS-PP vai muito na linha do que têm sido as propostas do partido a nível nacional. Dedica a maior parte do documento as questões de economia e é o único partido vimaranense que apresente algumas preocupações com a agricultura.


Os centristas propõem a criação de um Gabinete Municipal de Investimento que facilite a fixação de empresas no concelho e querem “diminuir a burocracia dos regulamentos” agilizar processo administrativos e conceder “vantagens fiscais” a quem quer investir. Com outro invólucro, mas não difere muito da linha do PSD para esta matéria.


É na agricultura que há ideias mais interessante do PP. Os centristas querem um Plano Estratégico para o Desenvolvimento Rural de Guimarães (ainda que não concretizem em que é que este seria aplicado), a criação de um banco de terras municipais e a criação de um "cluster" de bioempreendedorismo na área Agro-Alimentar associado ao AvePark.


Neste domínio, além de defender a criação de um museu virtual do mundo rural – que fica bem no programa, mas ninguém lhe dará a mínima prioridade – o CDS defende a criação de uma loja AGRIFOOD, um ponto de venda em local de elevada acessibilidade, onde qualquer produtor possa comercializar os seus produtos ou excedentes e o consumidor tenha fácil acesso e visibilidade.


Mas se exceptuarmos estas duas áreas, o programa do CDS é muito frágil. Na área social as propostas limitam-se ao apoio às famílias de acolhimento e ao apoio a “famílias carenciadas devidamente sinalizadas pelos diversos agentes sociais” e à polémica criação de uma Comissão de Protecção para Idosos em Perigo.


Os centristas desenterram duas velhas guerras do passado, como a criação de um parque de estacionamento subterrâneo no Toural e Alameda, que a maioria da população recusou há dois anos, e a implementação de sistemas de videovigilância, que são tudo menos eficazes.


O CDS é também apologista da criação de zonas exclusivamente pedonais – com as quais discordo, como já aqui expliquei – e partilha a proposta do PSD de criação de uma Sociedade de Reabilitação Urbana. Na cultura, a pobreza das propostas já aqui tinha sido apontada.


O programa do CDS pode ser encontrado na íntegra no blogue do partido.

1 reacções:

Anónimo | 23:39

http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/