Se o ridículo matasse

Se o ridículo matasse, os Paços do Concelho da cidade de Braga estariam neste momento a ser palco de uma mortandade digna das pestes da Idade Média. Bairrismo? Atentem nesta notícia...

Gosto especialmente desta frase: "Aceitando a decisão, o município de Braga adianta que estará disponível para trabalhar em conjunto com a cidade de Guimarães, “através da cedência de equipamentos culturais que possam ser considerados úteis” para a iniciativa."

Se não os podes vencer, junta-te a eles. Está claro.

1 reacções:

paulo | 02:43

pelo simples facto de não cair no ridiculo, Mesquita Machado deveria ter guardado qualquer reacção para mais tarde. Neste momento ainda estava muito viva a sua arrogância e prepotência em relação à escolha quase certa Braga!
Por motivos de divertimento, e por uma mais rapida ascensão no mundo do stand up comedy, o sr.Presidente da camara de Braga esteve muito bem