Consequências I

A confirmar-se, o Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura, trará ao Berço uma série de consequências que mudarão - espera-se! - a face da cidade.
A primeira, e mais imediata, é que António Magalhães vai voltar com a palavra atrás e o mandato em curso não será, afinal, o último do socialista. Magalhães não vai deixar o 2012 nas mãos de outrém. Muito menos se correr o risco de esse alguém ser de outro partido - ou de ontra facção do seu.
Ou seja, em 2009 teremos novamente Magalhães a correr para a reeleição. E o mesmo líder na autarquia até 2014.

1 reacções:

paulo | 02:39

para bem da autarquia que assim seja. Por outras experiências de um passado bem recente, guimarães está bem entregue nestas mãos. E assim temos quase que garantido um optimo programa e uma escolha acertada das pessoas que estarão à frente das decisões culturais.

Assim espero que seja!