É fazer as contas

Vale a pena ser sócio do Vitória? Só mesmo por paixão!

A quota mensal do Vitória custa 11,25 euros, o que perfaz um total de 135 euros no final dos 12 meses do ano. A estes junta-se o lugar anual, com uma preço médio 30 euros. Ou seja, 165 euros é o preço médio para assistir aos jogos do Vitória em casa, descontando os bilhetes para a Taça de Portugal, Taça da Liga, UEFA e, este ano, Champions. Neste momento, graças à mini-Liga inventada pelo senhor Hermínio Loureiro, só temos 15 jogos em casa por época. As contas são fáceis de fazer: cada jogo sai a 11 euros.

E não é que quem não é sócio paga apenas 7,5 euros para ir ver os jogos? A direcção do Vitória criou – e muito bem! – a modalidade de bilhete de acompanhante. Foi uma forma inteligente de levar mais gente ao Afonso Henriques e de captar mais sócios. Nada contra os bilhetes para não-sócio, portanto.

O que é grave é que os sócios não têm praticamente nenhuma regalia em sê-lo, além da manifestação de paixão pelo clube. Mas ser sócio de um clube não deve servir apenas para o financiar – e no ano passado demos ao clube quase 2,3 milhões de euros. Ainda por cima quando vemos o nosso dinheiro a ser delapidado por uma gestão catastrófica.

2 reacções:

Márcio | 13:45

Opa, a direcção do Benfica afinal está a fazer mais estragos do previsto. Além de estar a levar o Benfica para uma estabilidade financeira nunca vista, ainda põe os outros a queixarem-se dentro de portas...

João | 21:50

Samuel atenta aqui: http://forum.vitoriasempre.net/index.php?showtopic=7657

Tomei a liberdade de pegar neste teu artigo e lançar a discussão sobre este assunto mais que pertinente.