O plantel do Euromilhões

A pouco mais de uma semana do início dos trabalhos para a temporada de regresso à Liga pincipal, o plantel do Vitória tarda em ganhar corpo. Além disso, as primeiras contratações não deixam antever nada de bom.

E os reforços são na sua grande maiora completos desconhecidos para os adeptos. Duvido mesmo que a direcção saiba o que realmente valem parte das suas apostas. São tiros no escuro, uma espécie de gigantesco boletim do Euromilhões, em que o presidente e vice-presidente se entretêm a pôr as cruzinhas, esperando conseguir acertar na combinação certa.

Mas duvido que o Jackpot volte a sair a Paulo Pereira. Infelizmente, receio que esta será uma época sofrida, que vai deixar mais amargos de boca do que dias felizes na memória dos vitorianos.

Já tinha este post escrito quando fui surpreendido por esta notícia. O Vitória acaba de deixar sair o seu activo mais valioso, numa jogada a fazer lembrar Pimenta Machado: ceder um jovem a troca de supostas "estrelas". Rabiola fez meia dúzia de jogos pelos séniores, mas ganhou respeito entre a massa associativa vitoriana. Porque é um produto da casa e porque tem qualidade. E os vitorianos depositavam nele legítimas esperanças de realizar boas prestações desportivas na próxima época.

Sejam quais forem os valores envolvidos no negócio - a menos que o Porto tenha cometido uma loucura, o que eu duvido... -, Emílio Macedo dá um tiro no pé. E a ideia ridícula de ver Rabiola emprestado ao Vitória por mais uma ou duas épocas é fazer rebaixar um clube da grandeza dos vimaranenses ao nível de um Leiria ou de um Nacional: uma filial do "sistema".

3 reacções:

Paulo Silva | 23:05

e o pior é que agora nem há ninguem para ir buscar ao porto. os emprestimos de valor estao definidos. a menos que alguem acredite que o ibson vem para guimaraes!!!

A verdade é esta: Esta direcção em politica de formação ser mais do mesmo. Enquanto houver miudos proibidos de ir as selecções porque ha gente la dentro que nao gosta deles, e os jornais nao possam fazer reportagens porque o sr. Milo nao deixa, stamo muito mal!

Anónimo | 00:33

Há um pequeno pormenor a ter em conta. Segundo o que apurei, o Vitória assegura 50 por cento do valor do passe numa futura transferência. Na eventualidade de um bom negócio, sei lá, digamos metade dos valores que foram negociados com Anderson ou Nani, já seria um bom negócio. Inicialmente não fiquei nada satisfeito. Mas tendo em conta ao nosso campeonato (nem os grandes seguram as suas jóias), parece-me um bom negócio.

Anónimo | 15:21

A mim parece-me um bom negócio. Agora há realmente duas coisas preocupantes, uma relacionada com o Rabiola, que é o facto de não sabermos o que envolve o negócio (faz lembrar outros tempos não?!), e por isso friso "parece-me"; outra é exactamente a qualidade da equipa. Tenho muitas dúvidas se realmente estamos a construir alguma coisa de futuro. Espero que pelo menos o Cajuda tenha avaliado estes jogadores que vão aparecendo em contentores... Bom mas mais uma notícia é a saída do Ghilas!!! Pois é,mais um que e calhar acrescentava algo mais a este plantel. Resumindo estou apreensivo.