Na última sexta-feira, o Theatro Circo, em Braga, recebeu um dos únicos quatro concertos de Antony and The Johnsons na Europa. Por lá vão estar, por exmplo, Moonchild, em Dezembro.
Há umas semanas, na Casa das Artes, em Famalicão, houve Final Fantasy, e por lá passará, em Março, Yann Tiersen.

Pergunta: O que terão estes espaços e estas cidades a mais do que Guimarães e o CCVF para justificarem concertos de tamanha qualidade?

4 reacções:

Rui Ribeiro | 01:19

A minha visão do concerto de Antony no Som Activo para os interessados! :)

Boas leituras!

Anónimo | 16:39

Não me parece que seja por custarem muito dinheiro.

Será visão de programação?
É que, além de Anthony..., passaram ao lado concertos de Wim Mertens, Perry Blake; Patricia Barber.

Costa de Guimarães

Pedro Morgado | 03:25

Este facto está concerteza relacionado com a visão do Paulo Brandão (Director de Programação do Theatro Circo)

Anónimo | 09:57

O que essas cidades tem mais que guimaraes??? Ve-se a olho nu, sem se aprofundar muito... Tem um público muito mais culto... infelismente a nossa cidade é uma cidade muito tacanha... virou moda dizer que somos todos muito vitorianos e que fazemos tudo pela nossa cidade mas nao passamos de uns incultos... infelizmente é a mias cruel das verdades.