125 anos

"Já sabia tudo sobre os comboios na primeira vez que entrei num. Pelo menos achava eu, do alto dos meus orgulhosos quatro anos. Ainda guardo o meu primeiro bilhete. Meio bilhete que me comprou o meu pai. Devia ser um sábado e aquele pequeno pedaço de cartão alaranjado era um tesouro para preservar. Um verdadeiro ícone dos caminhos-de-ferro portugueses.

Não saí de Guimarães: fiz apenas a viagem entre a estação do centro da cidade e a vila de Vizela. Eram oito quilómetros, mas para mim era a Odisseia. Devo ter ido ao parque das Termas, já não me recordo bem. Mas lembro-me da cor e do cheiro da carruagem. Os bancos eram enormes e a janela era tão grande. Do lado de lá do vidro, o mundo passava tão depressa. Mas eu não queria saber do mundo".

Excerto de um texto meu que estará na exposição "Le Portugal sur les rails", em Montepellier. Fotografias de Alberto Aroso e do meu amigo Dario Silva. É inaugurada dentro de uma semana.

Na quarta-feira, 14, passaram 125 anos desde a chegada do primeio comboio a Guimarães. Ele ainda cá vem, de vez em quando.

3 reacções:

SicGloriaTransitMundi | 14:45

Já não sei qual foi a minha primeira viagem de comboio, mas sempre foi um meio de transporte da minha preferência: seguro, cómodo, rápido (tem dias) e pontual (tem dias)!

Sempre qu tenho de me deslocar para algum sitio do país sem carro, procuro sempre esta alternativa.

Tivessem os senhores de Lisboa mais juízo e o país estava bem melhor servido de ferrovias!

casimirosilva | 14:46

Foste, sim senhor!, ao parque das termas! E apanhaste o vício de viajar, sentir e descrever os comboios. Foi cedo demais? Não sei.Os comboios ainda ainda aí!

David "Jericho" Pereira | 23:59

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!