Ainda a entorse

Outra vez, Moisés.

5 reacções:

Anónimo | 14:38

Um bocadinho de respeito ficava melhor. Se tivesses um dedo do que este homem já fez, pensou e escreveu, talvez tivesses mais juízo.

Samuel Silva | 17:45

O prof. Moisés foi meu professor. É para mim um exemplo, um académico no sentido mais verdadeiro da palavra. É um pessoa pela qual tenho particular admiração e um dos poucos professores que trataria por "mestre".

O facto de ter sido um dos primeiros alunos a subscrever a sua candidatura à reitoria da UM prova o que eu digo.

Apenas coloquei o link para um aritgo. Sem comentários. Para que os vimaranenses que têm acompanhado a polémica conheçam os seus desenvolvimentos mais recentes.

De resto, falando em juizo: se tivesses algum davas a cara.

Anónimo | 20:11

Mas não parece. Está-se mesmo a ver a relação com o mestre. A vereadora asneira e nem uma palavra em sua defesa, mostrando a sua evidente má-educação. Grande discíplo. O outro anónimo é que tem razão, o socialismo tresanda mesmo na net.

Quem vê caras não vê corações. É o teu caso.

Paulo Silva | 20:32

Já estava na hora de os anónimos acabarem. Lá está aquilo de que eu falava. O liberdade nas mãos das pessoas erradas, leva a opiniões distorcidas sobre os espaços. E mais cedo ou mais tarde alguém tomará medidas.

Tratem melhor a internet, e os blogues em especifico.

josé freitas | 14:35

concordo plenamente. Os anónimos e as bocas são o pior que existe na blogosfera. A discussão não passa de insulto e gritaria. Não há maneira de discutir os assuntos, ainda que eles possam ser verdadeiros e contenham muita razão.