Fundação Martins Sarmento aprovada hoje

Finalmente o reconhecimento nacional justo: A Fundação Martins Sarmento será aprovada amanhã em Conselho de Ministros.

A mais prestigiada instituição vimaranense, tantas vezes esquecida, ganha bases para o futuro e dá um passo importante para solidifcar os seus mecanismos de acção. O protocolo assinado com o Estado prevê uma dotação financeira fixa que vai permitir manter o seu extenso e nem sempre reconhecido trabalho. Do espólio da biblioteca e do mueseu, à Citânia de Briteiros e a mais de um dezena de sítios arqueológicos nacionais, bem como a Histórica Revista de Guimarães.

Mérito da actual equipa, especialmente de Amaro das Neves e Armindo Cachada, que souberam dar seguimento ao históricos líderes da casa.

3 reacções:

sicgloriatransitmundi | 16:26

Esperemos para ver...

Esperamos que depois a Fundação não seja uma coutada de "interesses instalados"...

Freitas Costa | 19:39

Não percebi este comentário. Então, o Sr. quer que a Fundação Martins Sarmento seja diferente do que tem sido há tantos anos foi a Sociedade Martins Sarmento, que sempre defendeu "interesses instalados":os interesses do património, da cultura e de Guimarães?

sicgloriatransitmundi | 11:45

Sr. Freitas Costa:

Quando me refiro a interesses instalados, não critico o excelente trabalho que a Sociedade Martins Sarmento tem feito ao longo dos anos, pois conheço muito bem a instituição e muitas das pessoas que já passaram pela sua Direcção, muitas delas, infelizmente já falecidas...

O que receio é que possa haver quem esteja de fora a ver como há-de lá entrar, para modificar a seu bel prazer aquilo que outros homens demoraram tanto tempo a construir...